Além dos Muros da Escola, Metodologias Ativas

A vida e a esperança dando boas-vindas!

Felizes pela volta às aulas presenciais, estudantes do 3º ano do Ensino Fundamental vivenciaram a Semana Padre Moreau com empolgação extra e agradecidos pela superação dos desafios.

Autoria: Patrícia Almeida e Ana Cecília S. Aguiar, professoras do 3º ano do Ensino Fundamental do Colégio Santa Maria

E não é que a criançada do Santa Maria superou os momentos de incerteza causados pela pandemia? O mundo mudou, tudo mudou e nossa escola também! Os alunos queriam aproveitar cada instante para renovar os momentos de interação e acolhimento.

A Semana Padre Moreau se aproximava e as turmas do 3º ano do Ensino Fundamental estavam empolgadas com a perspectiva de apresentar suas aprendizagens “ao vivo e em cores” para os colegas e para outras turmas. Respeitando os protocolos de saúde, é claro!

As aulas foram acontecendo e surgiram muitas hipóteses, dentre elas: “Como é a sua família?”, “De onde você descende?”, “Você sabe o que é imigração?”.

– Mamma Mia, quantas perguntas, professora!

E por falar em Mamma Mia, esse foi o livro carro-chefe que delineou a aventura da série pelo mundo da imigração. Por essa razão, o autor Ricardo Dreguer participou de uma conversa on-line com os alunos. Que momento rico de aprendizagens múltiplas!

Mergulhando na própria história

O projeto propôs ir fundo no histórico familiar de cada aluno. Eles tiveram que saber sobre suas origens como um instrumento importante no processo genealógico, descobrir dados sobre os ancestrais que tiveram participação na construção familiar. Estabelecer as conexões entre todos esses indivíduos foi uma grande descoberta, que levou à pesquisa para além dos bisos e das bisas.

Eles tiveram ainda que trabalhar na representação gráfica e simbólica da árvore genealógica, marcaram o histórico das ligações familiares e apresentaram os seus ascendentes de forma organizada.

Compreender um pouco mais sobre a descendência de cada um foi incrível! Eles exploraram esse universo para fazer a correlação e dar continuidade ao estudo dos imigrantes e suas culturas.

Momentos como esses são tão valiosos que aproveitamos para expor as aprendizagens por todo prédio São José. O cuidado com a parte emocional de cada um dos alunos foi essencial para que se sentissem à vontade com as novas descobertas. Eles se reinventaram, pois estavam inspirados, motivados e queriam que suas histórias fossem apreciadas por todos que passassem pelo prédio.

Essa é apenas uma parte de tudo que foi trabalhado durante um bimestre inteiro, e ainda vem mais por aí!

Você também pode se interessar
Tags: ,

Posts similares

Menu