Além dos Muros da Escola, Metodologias Ativas

Pesquisa estatística sobre Covid com comunidade escolar

Turmas do 9º ano estudam conceitos estatísticos e realizam levantamento para entender como famílias do Santa Maria estão lidando com alguns aspectos da pandemia.

Autoria – Lucilene Silvério, professora de Matemática do 9º ano do Ensino Fundamental

Em março de 2020, os casos de infecção pelo novo Coronavírus começaram a aumentar e o Brasil passou a ter uma preocupação maior acerca do tema. No mesmo mês, foram decretadas medidas de isolamento social e as escolas públicas e particulares foram obrigadas a fecharem as portas. As pessoas tiveram que adaptar suas rotinas para conter a propagação do vírus, e passaram a viver em quarentena, evitando o convívio em espaços públicos e reinventando os métodos de estudo e trabalho.

Como a comunidade do Colégio Santa Maria está hoje, um ano depois do início da pandemia? As famílias continuam respeitando o isolamento social? Quantos já testaram positivo para o vírus? Qual o posicionamento quanto às vacinas? Buscando responder estas questões, os alunos do 9º ano de 2021 realizaram uma pesquisa com uma amostra da comunidade.

Considerando que foram discutidos, durante as aulas de Matemática, temas como Covid, gráficos, porcentagem, medidas de tendência central e de dispersão, juntamente com a professora, eles levantaram questões para conhecer melhor como parte das famílias do Colégio estava convivendo com a pandemia.

Depois das entrevistas, feitas por telefone, WhatsApp e interfone, eles observaram os resultados e construíram um texto analisando os resultados. Nesse trabalho, tiveram a oportunidade de aplicar os conhecimentos adquiridos nas aulas, analisar os gráficos e as tabelas resultantes das entrevistas, calcular média, moda, mediana e amplitude, resultando em interessantes conclusões.

As alunas Bruna Mori (9ºB) e Julia Einviller (9ºD) apontaram:

“Analisando o número de casos positivos de Covid-19, que foram no total 147, a vacina pode fazer com que o alto número diminua. 91,7% das famílias entrevistadas afirmam que todos serão vacinados assim que possível, mas 1,8% das famílias alegam não ser a favor da vacinação e 6,5% dizem não saber o que fazer.

Para as famílias que dizem que todos serão vacinados ou que estão divididos sobre o que vão fazer, grande parte, correspondente a 84,1%, afirma que vai tomar qualquer vacina, e dentre as vacinas existentes, 7,2% dizem que não vão tomar a da Coronavac, 2,5% afirmam não tomar a da AstraZeneca, outros 2,5% não tomarão da Pfizer e 2,5% não tomará nenhuma delas, e com a menor porcentagem, 1,1% não tomará a vacina da Moderna.

Podemos concluir que a maioria das pessoas não testou positivo para a Covid-19, o que sugere que as famílias do Colégio Santa Maria estão tomando os devidos cuidados de prevenção. Além disso, é importante ressaltar o fato de que a maioria está de acordo com a vacinação, o que poderá conter a proliferação do coronavírus.”


Quanto à vacina, todos são favoráveis a tomá-la, quando estiver disponível ?
(276 respostas)


Sim, todos serão vacinados.
Não, estamos divididos quanto a vacinação
Ninguém é a favor da vacinação

Das vacinas conhecidas para combater a Covid-19, qual você não tomará, por não confiar? (276 respostas)

Coronavac
 AstraZeneca
Moderna
Pfizer
Tomarei qualquer uma
Não tomarei nenhuma delas

Você também pode se interessar
Tags: , ,

Posts similares

Menu