Alfabetização

A aprendizagem da letra cursiva

Prática desse tipo de letra é importante para o desenvolvimento de várias habilidades nas crianças.

Autoria: Lara Pecora Polazzo, professora do 2º ano do Ensino Fundamental I do Colégio Santa Maria

Desde que os tablets e chromebooks passaram a fazer parte do material escolar, muitas vezes até substituindo o uso dos cadernos, é comum ouvirmos questionamentos sobre a importância do uso da letra cursiva, já que, na vida adulta, o tipo de letra usada não faz muita diferença.

Contudo, aprender o padrão cursivo vai muito além de ser apenas mais um tipo de letra. De acordo com especialistas, ela estimula áreas simbólicas e motoras do cérebro. Mas como isso acontece? É que, durante a aquisição da letra cursiva, a criança aprende a refinar o movimento e a construir as habilidades dos dedos.

Esse processo estimula a atenção e a memória, desenvolve foco visual e a habilidade de planejamento, importantes funções executivas que são necessárias em todas as fases da vida. Além disso, ensina a se organizar corporalmente para produzir uma escrita significativa.

Outro aspecto importante é que a criança desenvolve memória tanto visual quanto motora e também percebe com mais facilidade o espaço que deve ter entre as palavras, compreendendo onde a palavra começa e termina.

Longo caminho

A aquisição da letra cursiva é um caminho bem extenso, passando por diferentes fases de aprendizagem, iniciadas desde a Educação Infantil e em diversas áreas de conhecimento. É necessário trabalhar o movimento de pinça, fortalecer as mãos, contornar pontilhados e exercitar movimentos mais complexos.

No 2º ano do Colégio Santa Maria, realizamos diversas propostas que ajudam no desenvolvimento da coordenação motora, favorecendo a aquisição do traçado correto. Confira as fotos!

Você também pode se interessar
Tags: ,

Posts similares

Menu