Ensino Médio

O que é o módulo suplementar do Novo Ensino Médio

Conteúdos estudados em séries anteriores e previstos em exames externos são revistos na etapa final do Ensino Médio.

Autoria: Anibal de Azevedo Soares, professor de Matemática do Ensino Médio do Colégio Santa Maria

No Colégio Santa Maria, além das unidades curriculares do Núcleo Básico e dos itinerários formativos que atendem às determinações oficiais, um módulo suplementar, obrigatório para todos os estudantes da 3ª série, integra a grade curricular do Novo Ensino Médio. Este curso foi estruturado com o objetivo de suprir as necessidades de revisão e aprofundamento de conteúdos estudados no Ensino Fundamental e Médio, assim como a forma como as questões aparecem em exames externos e como tais conteúdos são cobrados.

O curso de Matemática do Módulo Suplementar oferece a oportunidade de resolver exercícios interdisciplinares mais complexos, como logaritmos aplicados à Química, por exemplo. As aulas são baseadas numa explicação rápida do conteúdo e na resolução de exercícios de vestibulares e Enem, na forma dissertativa e/ou de múltipla escolha. Por ser parte da grade obrigatória, o Módulo Suplementar envolve avaliações, que são feitas na forma de provas com questões de múltipla escolha, com exercícios semelhantes aos trabalhados em sala e que são, em sua maioria, de exames externos, mas que também podem ser de autoria do professor.

Diagnóstico

Até o momento, observamos que os alunos não estão familiarizados com o tipo de cobrança desses exames e ainda têm dificuldade em administrar o tempo de resolução de questões e/ou de transcrição de respostas para o gabarito. Embora tenham feito simulados não obrigatórios em anos anteriores, ainda cometem erros ao passar as respostas ou perdem tempo demais numa disciplina, ficando sem tempo para as demais.

Em Matemática, confirmamos a importância dessa revisão, principalmente de conteúdos de Ensino Fundamental que, agora, são compreendidos em maior profundidade, seja pela maturidade e/ou necessidade de utilização em situações-problema de diferentes naturezas. Neste momento, os alunos conseguem associar geometria analítica com função, por exemplo, assim como, por meio da geometria plana, visualizar e compreender a geometria espacial.

Acreditamos que, dessa forma, podemos reduzir a distância que se estabeleceu entre as diretrizes de ensino estabelecidas, estruturadas em habilidades, e a cobrança que ainda é feita nos exames externos, marcadamente conteudista.

Você também pode se interessar
Tags: ,

Posts similares