Ex-alunos

Marcas do tempo de escola: bagagem além do conteúdo acadêmico

Ex-aluno que vive há mais de 20 anos nos Estados Unidos conta como a trajetória no Santa influenciou sua formação e os valores que carrega para a vida toda

Paulo Passoni é um executivo de sucesso. Cursou todo o Ensino Fundamental no Santa Maria, de 1985 a 1993, quando decidiu tentar carreira no vôlei. Sua formação acadêmica inclui a FGV e um MBA em Harvard.

Na conversa com o orientador Wallace Oliveira Marante, ele reconhece a influência da Escola na formação dos seus valores e afirma que as pessoas que tomam decisões por seus princípios vão mais longe do que as que o fazem com base em métricas de curto prazo ou dinheiro. “A formação do Santa Maria me lembra muito isso: que o mais relevante é ter princípios fortes e não deixar que eles sejam mudados ao longo do tempo”, declara.

Passoni também se recorda de como entendeu o conceito de empatia numa atividade escolar, valor que considera muito importante em qualquer situação da vida e do trabalho. Segundo ele, o Santa Maria ensina algo além do acadêmico: é excelente no desenvolvimento da inteligência emocional, habilidade que, no longo prazo, é o que faz a pessoa se sobressair em qualquer empresa.

Veja a íntegra da entrevista no link:

Você também pode se interessar
Tags:

Posts similares

Menu