Além dos Muros da Escola, Incentivo à Leitura

Bate-papo literário: conexão entre autores e leitores

Pelo efeito positivo no estímulo à leitura, encontros de crianças e jovens com autores é uma prática comum no Santa Maria. Afinal, quem nunca leu um livro e ficou curioso para conhecer a pessoa que o escreveu?

Autoria: Tauany Pazini, bibliotecária do Colégio Santa Maria

O livro estabelece uma profunda conexão entre o autor e seu leitor. Durante a leitura de uma obra, surgem questionamentos, dúvidas e curiosidades que somente o próprio autor poderia responder. Entretanto, ainda existe o paradigma de que escritores são pessoas inacessíveis e que ser escritor é algo inatingível.

Por tudo isso, proporcionar encontros entre alunos e escritores resulta em incríveis trocas e conversas que vão além do conteúdo do livro. Os leitores têm a oportunidade de conhecer a história desse autor, quais os processos de escrita e criação pelos quais o livro passou e, principalmente, quais as referências e experiências de sua vida trazidas para dentro de suas obras.

Essa aproximação também é muito importante para quebrar o paradigma e mistério que envolve o “ser escritor”, mostrando que qualquer um que deseje e se dedique pode seguir essa linda profissão.

No Colégio Santa Maria, a Biblioteca Pe. Moreau, em parceria com editoras e professores, tem organizado esses encontros com diversas séries. Devido à pandemia, as conversas foram realizadas de forma híbrida, com os alunos presencialmente e os autores de forma virtual. Apesar do formato diferente, as trocas foram igualmente ricas. Os autores responderam às perguntas dos estudantes, contaram um pouco de sua trajetória e apresentaram outras obras de sua autoria.


Josca e Lucila

Josca Ailine Barouck e Lucila Silva de Almeida, autoras do livro “Parlendas para Brincar”, conversaram com as crianças do 1º ano do Ensino Fundamental. Empolgados com o encontro, os pequenos fizeram diversas perguntas e recitaram suas parlendas preferidas do livro!


Jonas Ribeiro
Autor de mais de 100 livros infantojuvenis, Jonas Ribeiro encantou as crianças do 2º ano do Ensino Fundamental com suas histórias. Além de responder às perguntas sobre o livro “A Orquestra dos Músicos de Bremen”, Jonas fez a contação de uma história utilizando seu baú mágico, com bonecos e objetos que divertiram e instigaram a imaginação dos pequenos!


Olívio Jekupé

Autor descendente do povo tupi-guarani e engajado na questão indígena, Olívio Jekupé conversou com os alunos do 3º ano do Ensino Fundamental sobre seu livro “Tekoa – Conhecendo uma Aldeia Indígena”. Respondeu às curiosidades das crianças e ainda apresentou algumas características da cultura indígena.


Silvana Salerno

Para o 4º ano do Ensino Fundamental, o encontro foi com a autora e adaptadora Silvana Salerno sobre o livro “O príncipe e o Mendigo”. Silvana falou sobre os processos e desafios na adaptação de uma obra clássica, sobre as inspirações para a escrita de seus livros e sobre o trabalho em editoras, que a levou a se tornar escritora de obras infantis.


Luciana Sandroni

Os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental conversaram com Luciana Sandroni, autora de “Mário que não é de Andrade”. A autora falou, principalmente, sobre Mário de Andrade e suas inspirações para escrever, que, na maioria das vezes, surgem de histórias reais e biografias, a partir das quais ela cria enredos ficcionais.


Fernando Nuno

Escritor, tradutor e adaptador, Fernando Nuno conversou com os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental sobre “Robinson Crusoé”. Sempre muito atencioso, respondeu às perguntas e contou sobre seu processo de estudo e tradução da obra original para adaptá-la, procurando manter-se sempre fiel aos eventos do texto original, porém, trazendo-os para uma linguagem clara e acessível a todos os leitores.


Christian Piana

Fotógrafo italiano, Christian Piana participou de uma live com os alunos do 7º ano do Ensino Fundamental e relatou sua experiência durante uma estadia em Moçambique, onde registrou em vídeos, fotos e gravações de áudio alguns contos, mitos e lendas daquela região, mantidos vivos pela tradição oral. Todo esse material foi reunido e publicado no livro “Contos de Moçambique”, trabalhado com os alunos do Santa Maria.

Você também pode se interessar
Tags: , , , , , , , , , ,

Posts similares

Menu