Linguagens, Metodologias Ativas

Música e artes se misturam

Que música nossos alunos escutam? O que os inspira no campo das artes? Qual o conhecimento deles sobre música erudita? O que eles sabem sobre o Período Romântico e a ligação entre as diferentes artes? Estes e outros questionamentos fizeram parte das discussões com os alunos, buscando desenvolver uma proposta integrada entre Artes e Música que levasse conhecimento, mas também envolvimento e encantamento.

Autoria – Alessandra Gomes, professora de Música do 3º e 5º ano do Ensino Fundamental

Começamos viajando para 1810 e apresentamos, através da expressividade de Chopin, da dramaticidade de Wagner, do virtuosismo de Beethoven e do sentimentalismo de Debussy, a expressão de sentimentos nas músicas do Período Romântico e o desdobramento dessa expressividade em outras linguagens, como Literatura, Teatro e Artes Plásticas.

Conversamos sobre os quadros de Monet, Picasso e Kandinsky e fizemos o exercício de “ouvir” as telas e “desenhar” nas músicas. A partir daí, propusemos escolher uma música instrumental erudita para inspirá-los na construção de um trabalho nas aulas de Artes, desenho ou escultura, explorando todo o conhecimento prévio sobre tonalidades, luz e sombra, arte abstrata, deixando fluir nesse trabalho a emoção do momento de cada aluno e sua criatividade.

Os estudantes se envolveram muito durante todo o processo de criação. O resultado desse trabalho culminou em uma exposição virtual na ferramenta digital Padlet, onde podemos perceber que a Arte hoje, para os alunos do 5° ano do Santa Maria, vai muito além de técnicas e conhecimentos, envolve o nosso “eu”, o nosso coração!

Você também pode se interessar
Tags: , ,

Posts similares

Menu